quarta-feira, 28 de abril de 2010

E agora?

O que dizer, depois de um post tão lindo e cheio de emoção como esse aí embaixo?
Ontem quando li o texto da Mona sobre o T&D com a Roberta Sudbrack, sentada aqui nesse mesmo canto do sofá, meus olhos encheram de lágrimas e minha pele não parava de arrepiar. Como muita gente, me senti lá. Quem sabe um dia vamos os três, a Mona e o Paulo pra cozinhar e eu para fotografar e palpitar, que é o que faço de melhor da cozinha. A sócia arrasou!

Então fui buscar uma inspiração no Brasil, lugares que eu fui, recomendo e morro de saudades.

Os paulistanos devem conhecer o Santa Gula e o Santa Pizza, esse restaurantes são gostosos não só pelas comidas deliciosas, mas pelo ambiente e a decoração que virou marca registrada.

O chef Eduardo Duó e o arquiteto Fuad Murad, são os responsável pelo conceito desses espaços e de muitos outros, um cuida da boca e o outro dos olhos. E eles são os donos dessas duas pousadas em São Paulo, uma na praia, na Ilha Bela e outra em Piedade, uma cidade pequenininha, perto de São Paulo.

Por indicação da minha amiga Mifa, fomos conhecer a Barulho D'Água, a pousada na badalada Praia do Curral, na Ilha Bela.

Quando você entra pela portinha da rua, parece que está entrando num outro mundo, meio Pandora, já ouve o barulho da cacheira que vem de lá de baixo e entra no clima.

Os chalés ficam entranhados na mata, num terreno íngrime, com escadas de madeira fazendo tudo se encaixar organicamente. Cada chalé tem uma decoração única, com toda atenção aos detalhes, às peças de artesanato, flores, às pedrinhas cobrindo o ralo da pia, tudo com charme e brasilidade.

Fomos para o Barulho em 2004, e agora eu procurava as fotos e lembrei que perdi todas as minhas fotos logo que voltei de lá, minha prima tentou mudar alguma coisa na máquina e kaput, deletou tudo. Paciência, tenho as lembranças felizes que ficaram na memória.

Uma dessas lembranças, é de um fim de tarde, depois de um dia lagartixando na praia e um almoço suculento, voltamos para o Barulho com meia garrafa de vinho embaixo do braço, que não demos conta no almoço. Estava mega calor, entao decidimos dar um mergulho na tal Cachoeira. Pedimos ao moço da pousada que colocasse o vinho na geladeira. Uns 5 minutos depois, vem o moço, com um balde de gelo, o nosso vinho dentroe duas taças. Coloca o balde dentro da água, numa pedra estrategicamente localizada na beira do rio, momento Mastercard! Brinde ao serviço do Barulho!

E o café da manhã?
The best ever! Até hoje tentamos replicar o café que tivermos lá, pãezinhos, bolos, frutas, um creme de caqui maravilhoso, um ovo mexido com requeijão, que ainda é o meu preferido.
O melhor, você é servido quando quiser, e onde quiser.



Depois de algum tempo, descobrimos uma pousada irmã do Barulho, mais pertinho de casa, em Piedade.
Num aniversário de namoro, o Paulo me “raptou” e fomos para o Ronco do Bugio.

O Ronco é bem maior que o Barulho, tem o mesmo estilo, misturando móveis antigos, materiais reciclados e de demolição com peças de artesanato e arte mineira. Para onde você olha, tem um detalhe para se inspirar.
  
Estava friozinho, aproveitamos a lareira, um filminho, tudo regado a muito vinho.



  
De manhã , as as galinhas d'angola vinham na janela dar bom dia..



Também fizemos as trilhas, pena que não pudemos aproveitar a piscina maravilhosa de água corrente, estava congelante! Mas prometemos voltar no verão (promessa ainda nao cumprida).


E o restaurante, um salão com pé direito enorme, lembrando aquelas fazendas que se vê em filmes de época, com a vista para a mata. Um menu de comer ajoelhado no milho...










 Você que está em SP, vai lá e mata a saudade por mim ;-).

Bons sonhos!

8 comentários:

  1. Lindo Post Danizita! Lembrei da nossa primeira viajem juntos; vc & Pou ficaram relatando das inumeras viajens gostosas e romanticas que vcs faziam qdo moravam em Sampa...Eu pesquisei varias, com a esperanca de ir qdo fosse ao Brasil, mas sempre fico so em Minas, um bom site tb para compartilhar estes roteiros e pousadas super charmosas, eh este: www.roteirosdecharme.com.br Beijos e muito bom comecar o dia assim, com este post tao fofo :-)

    ResponderExcluir
  2. esse post me deu uma saudade das fugidinhas de final de semana que a gente faz no Brasa...tao dificil de rolar por aqui. Conheci o Santa Pizza numa ida a Sampa e fiquei vidrada na decor. Pelas fotos e relatos, essas pousadas sao show de bola!

    ResponderExcluir
  3. que delicia de pousada, tipica de Ilha Bela....uma vez fiquei numa pousada assim em IB e o que mais me da saudade era do maravilhoso cafe da manha e aquela brisa....ehh saudade!

    ResponderExcluir
  4. A Mona falou tudo...nada melhor do que aquelas escapadazinhas de final de semana no Brasil ne? aqui tudo 'e tao planejado, que acaba virando "viagem" mesmo rsss Eu sou de Petropolis, como vcs sabem, e mesmo depois de ir pro Rio, eu curtia muito subir a serra e curtir Itaipava..La tem lugares como esses que vc mencionou Dani!

    ResponderExcluir
  5. Dani maravilhoso, to ligada em vc so aproveitando as dicas e curtindo os comentarios.
    Vc ta craque nas fotos heim, são todas mui belas.
    Ta uma coisa que eu acho fantastico é a fotografia, to querendo comprar uma maquina profissional e fazer um curso, vou providenciar.
    Adorei!!!

    ResponderExcluir
  6. Meninas, como eu sinto falta dessas espacapadinhas de final de semana.
    Campos, Camburizinho, Barra do Una, ai ai...

    Cá o Ronco está no Roteiros de Charme, esse é mesmo um guia referência no Brasil.

    Jana, dou a maior força, larga a advocacia e vira fotografa, João Pessoa deve ter muuito a ser fotografado.

    beijocas

    ResponderExcluir
  7. Dani que maravilha! Me faz lembrar de Itaipava, perto de Petropolis de onde eu sou. cada pousada, cada restaurante... muito bom!! Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Mirele, Itaipava tem bem esse clima mesmo, fomos pra lá uma vez, mas não demos sorte com a Pousada, triste, história para um outro post ;-)
    beijocas volte sempre!

    ResponderExcluir